terça-feira, 20 de dezembro de 2011

II Cenas Rock

Eliane Almeida & Lucas Rodrigues


Neste último dia 10, rolou em Santos-SP o II Cenas Rock , onde o beneficiário desta edição foi a Acc(Associação dos Cortiços do Centro). A Associação dos Cortiços do Centro (ACC) é a primeira associação de cortiços do Brasil, reconhecida como órgão de utilidade pública.

Sua principal missão na cidade de Santos-SP e de promover a melhoria da qualidade de vida dos moradores dos cortiços do Centro de Santos no que tange a habitação, saúde, educação, emprego, cultura e lazer.O evento contou com um público fiel além de amantes de um bom som independente de qualidade, para prestigiar a participação das bandas Moscotron , Éponge , Zebra Zebra e a possível despedida da banda Ecos Falsos, que veio a cidade com uma formação especial, além do DJ.Junior Rocha.(confira abaixo um especial de cada banda)


Moscotron


Os caras da Moscotron abrirão a noite no espaço teatro aberto, banda está formada em 2009 e premiada no ano de 2010, como melhor performance de videoclipe dentro do Curta Santos, com a canção “Stop”, canção está que abriu a apresentação deles. A banda traz em seu repertório músicas autorais e versões próprias e especiais de clássicos que vão de Jimi Hendrix a Chico Buarque.


Moscotron

Definitivamente, a Moscotron foi à banda que mais me surpreendeu dentro do II Cenas Rock, está opinião não é única e exclusiva, mas sim compartilhada por outras pessoas presentes no evento. Podemos dizer que a pegada do som de Marcel Chilli – (Guitarra e voz), Leo Victor – (Baixo e voz) e Lucas Tagore – (Bateria e voz) formam definitivamente uma sintonia perfeita, a mistura de estilos da banda entre blues, jazz, pop e MPB dão a sensação ao público ouvinte a construção de um som único, claro, e leve o que torna um diferencial atraente desta banda.

Moscotron

Ainda bem que em breve vem um EP por ai, pois não vejo à hora, do lançamento do mesmo. Agora e aguardar pelo mesmo, junto com os antigos e novos moscofãs.

Para quem quiser conferir se estou errada ou não, dia 26/01/2011 na tenda dois no Gonzaga em Santos-SP, mais um moscoshow.


Éponge


Uma soma de experiências particulares, junto com a mistura de tudo que ouvimos. Está seria a definição de seu som segundo João Paulo (guitarra e vocal), Rapha (bateria), Wellington Alexandre "Wass" (guitarra), Black Fabio (baixo e vocal).

Éponge

Ousadia, atitude desses rapazes que vieram empolgados para a noite, trazendo seu repertório próprio, além de clássicos do rock. Sons como “Overfilled” ,“ Forever Changed” canção está trilha do curta-metragen "Ilusionismo" de Madeleine Alves - ganhador do 9º Curta Santos ,2011, na categoria voto popular,que será exibido neste domingo de natal dia 25 , na TV Tribuna/rede Globo, após o programa Fantástico, deram o tom a apresentação da banda .

Éponge
Ambas as canções pertencem ao seu primeiro EP Inquietude, um trabalho diferenciado e disponibilizado para download gratuito desde novembro, onde as cinco canções reunidas no EP incluem uma instrumental, um urgente stoner-surf en français, un suingado tema en español, o velho e bom rock'n'roll in english e para fechar, uma faixa em português que dá nome ao trabalho, dita de pelos franceses como affolement (inquietude) .

Zebra Zebra


Uma banda com identidade própria, sem rótulos ou clichês essa é a Zebra Zebra. Um rock alternativo com influências de músicas brasileiras liderados por Kennedy Lui – (voz e guitarra), Eric – (guitarra e voz),Paulo Jotaerre – (baixo) e Marcelo Toth – (bateria).

Os quase cinco anos de estrada destes rapazes renderam à eles não só experiência mas principalmente um cuidado especial em seu repertório , podendo ser comparados a diferença de sonoridade em seus dois trabalhosCabeças novas também mofam”, 2009 (independente), e o EP “Agora é que são elas”, 2011 (Pisces Records/ Balboa Discos / Hearts Bleed Blue). Ambos produzidos pela banda e o produtor Fabricio Souza (baixista da banda santista Garage Fuzz).


Zebra Zebra

A banda trouxe ao II Cenas Rock, canções como “A arte já morreu”, “Intervenção”, “O Bicho e o Diamante”, Canção de amor n º 6 , entre outras do álbum Cabeças novas , além de “Dois Copos D’água” ,“Não sei”, “No mar e na paixão”, “Bonita” do recente e já premiado “Agora é que são elas”.


Atualmente a banda que teve seu clipe “Dois Copos D’água” campeão em três categorias dentro do 9º Curta Santos, festival este em que a banda é a mais vitoriosa até hoje, ganhou o concurso cultural Spoleto e gravará 250 exemplares de Vinil, além disso, os caras se preparam para ir para Maresias, litoral norte de SP, no dia sete de janeiro, dentro do projeto "Ray-BLinkan Couch Sessions on the Road"


Zebra Zebra

Para você que ficou curioso(a) para saber mais sobre o trabalho deles eles estão pedindo a ajuda dos fãs para gravar o novo videoclipe da música “Bonita” dentro do projeto Catarse , onde qualquer pessoa poderá colaborar com este novo projeto deles(confira).Mas, a sua ajuda não será em vão, além do clipe Bonita, as pessoas que doarem, também, receberão prêmios, entre eles camisetas, pôsteres, CD autografado, cantar, jantar ou fazer um picnic com a banda, entre outras coisas.
O clipe será produzido quando for alcançado o montante de R$3.000, caso não alcancem este valor o dinheiro do doador será devolvido.






Ecos Falsos



Momento difícil e duro falar de uma banda como está, pois não existe definição para eles, seja como pessoas, mas principalmente em relação ao seu som. Eles são um pouco de tudo ou seria “quase” um pouco de tudo.

Foi seguindo está linha que eles toparam voltar à ativa, mesmo que seja por um breve momento e com uma formação especial. Por que digo isso este ano eles anunciarão uma pausa da banda, por tempo indeterminado, colegas do meio disseram é o fim.

Mas eu sempre dizia não é possível, custava acreditar naquilo que estava escutando e lendo em sites, redes sociais e não me conformava. Perdi o show de anúncio de despedida em São Paulo, pois na ocasião estava com problemas de saúde, queria ver com meus próprios olhos que aquilo era fake ou seria um quase fake.


Ecos Falsos & Zebra Zebra

Uma prova da qualidade deles e seu reconhecimento foi à hora de dizer á alguém alguma das bandas que achava legal e queria, pela intenção, espaço etc, e a pessoa me disse querida o ecos falsos acabou e eu respondi pode ser que sim, mas mesmo a sim vou tentar. A pessoa duvidou, mas segui em frente, disposta a dar fim a minha duvida, que de quase não tinha nada.

Dei a minha cara á tapa e resolvi arriscar, entrei em contato com um dos integrantes e o mesmo se encontrava na França, com outro projeto, mas prontamente me respondeu com uma resposta de 99,9 positiva, aquilo me encheu de esperança. A partir daí sai em busca de outras bandas, sem mencionar que o ecos falsos viriam, apenas para uma delas no caso a Zebra Zebra , pois são amigos e não tinha como esconder a intenção, pois sabia que duvidas surgidas , um iria falar com o outro e acabaria o suspense.


Ecos Falsos & Zebra Zebra

A partir daí junto com amigos, foi decidido vamos fazer um evento na qual os próprios se identifiquem uns com os outros e foi o que aconteceu, mesmo com pessoas duvidando que aquilo fosse acontecer. Já que boa parte tinha na cabeça e fake isso, graças a comentários sem fundamento.
Mas digo a vocês, não foi fake , aconteceu. Os caras vieram mesmo com uma formação diferente , mas clássica e já utilizada em 2007 com Gustavo Martins, Daniel Akashi, Felipe Barba e Guga Almeida (ex-Zefirina Bomba) na bateria!

Ecos Falsos

Apresentaram o repertório de seu ultimo trabalho “Quase”, mas sem deixar as canções de lado de “Descartável Longa Vida”, de 2007. Foi uma apresentação divertida confesso, pois Gustavo , estava com problemas em sua garganta, podendo dizer que a mesma se encontrava meio Anderson Silva, mas nem por isso os caras perderão a qualidade e a presença de palco deles, o que indiscutível se tratando de Ecos Falsos.

Mesmo fazendo uma apresentação em tom de despedida, espero realmente por outros momentos como este.


Ecos Falsos

O II Cenas Rock , contou com a organização da Pluge Produções e do Rock Cultural. Onde este ano teve como parcerias o Espaço Teatro Aberto ,Berthi Produções, Estúdio 3 Acordes e Estúdio Lobo, além de todas as bandas envolvidas e do DJ.Junior Rocha.


Em breve alguns vídeos para vocês.

Produção: Eliane Almeida , Gabriel Peres e Juh Ferraz.

Colaboração- Lucas Rodrigues e Thais Xabu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário